Archive for the ‘tradicional’ Category

29, gnocci

Monday, April 27th, 2009

Quase estamos a 29, dia no que em Argentina é típico comer gnocci. Aproveito que estamos a final de mês para preparar uns à romana, feitos com sêmola no quanto de pataca, porque ademais são baratos. Acompanho o prato com um 37 Barricas, vinho do que fala José Luis.

(more…)

Pastel de queso sospechoso

Wednesday, April 22nd, 2009

Me quitan los cordones de los zapatos, el cinturón, me vacían los bolsillos, me precintan el equipaje e inspeccionan la bolsa con el pastel de queso polaco. Los dos reposamos unas horas en la comisaría de Essex. Así se hizo el pastel.

(more…)

O brunch do colinabo

Monday, April 13th, 2009

Poznan, terça pola manhã. O dia anterior pedira ir ao mercado para comprar as cousas da ceia galego-polaca. Nenhum de nós almorçara, polo que aproveitamos para preparar um brunch à polaca, com zurrapa incluída.


O brunch do colinabo

(more…)

Poznan: O bar do leite e um restaurante

Friday, April 10th, 2009

Polonia é um pais de pataqueiros. Isto deve de explicar esta estranha conexão que levo experimentando quase um ano com esta gente.


Poznan: Do bar do leite ao restaurante

(more…)

Atacados por um boi

Thursday, February 26th, 2009

Cobramos; a conta recupera-se e decido ir celebrar com Isabel que não estou a zero. Um par de fermosos bois chamam-me com insistência. Levo um e miro com desejo para uma langosta. Isabel diz que devo matar o animal com vinagre e cozer em auga fervendo, para que não perda as patas; eu escutara que devia ser em vivo e em auga fria. Sigo com a dúvida, ainda que o boi estava estupendo.


Atacados por um boi

Actualização: José Luis Louzán, segue a nos acompanhar recomendando vinhos, desta vez um Añada de Baladiña 2002 para este boi que parecia elefante.

Preparando um obradoiro de queijos

Wednesday, February 25th, 2009

Sego sem pode adicar o tempo que gostaria à cozinha. A minha irmã seica tem algo de ração e estou um pouco preguiceiro ultimamente, mas um obradoiro de queijos tem-me ocupado com continuas idas e voltas de Corcubión à Corunha.


Preparando um obradoido

A minestrone acabou com a tirania do grelo

Friday, February 13th, 2009

Após vários dias a base de cozido e as suas possibilidades clássicas, utilizo algum resto e um caldo limpo para fazer uma minestrone e botar abaixo a ditadura do grelo.


A minestrone acabou com a tirania do grelo.

(more…)

As possibilidades do cozido I: primeiro fracasso

Wednesday, February 11th, 2009

Quando fazemos cozido não podemos ser tacanhos com a carne, as grandes potas vermelhas pedem peças e mais peças do porco, do rabo ao foucinho. Acabei com tanta carne que decidi fazer uma terrina que ficou em cabeça de jabalí. José Luis recomendou um Wrongo Dongo 2007 para acompanhar este prato.


As possibilidades do cozido: primeiro fracasso.

(more…)

Cari camaron… porque no había cebú de Madagascar

Monday, February 2nd, 2009

Estos últimos días estuve en Granada y apenas tuve ocasión de cocinar. Por suerte, Chloe, una chica de la Francia de ultramar, se ofreció a hacernos algo típico de la Isla de la Reunión. Ante la imposibilidad de conseguir cebú, decidimos hacer “carri camaron”, tan francés como la cassoulet.


Carri camaron… porque no había cebú de Madagascar

(more…)

Pierogis: como cozer uma empanadilha de pataca e queijo

Sunday, January 11th, 2009

Desta vez não cozinho eu. Kalina envia-me uns vídeos desde Poznań cozinhando Pierogi com a sua mãe. Thanks a lot to you two!


Pierogis: como cozer uma empanadilha de pataca e queijo por Kalina e a sua mãe (também há publicada uma versão longa do vídeo).

(more…)